terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

The Walking Dead



E ae, galera! Estamos com uma novidade aqui no princesa de aba reta! Quem me segue no tuinter já deve ter percebido que eu curto muito ver séries. Sou uma “noveleira gringa” assumida. Enquanto geral tava delirando com o final de Avenida Brasil, eu estava indo atrás de psicopatas, me formando em faculdade comunitária e fugindo de zumbis. Sendo assim, inauguro mais uma seção no blog: O Seriado do mês! \o/

Por que The Walking Dead?

Essa é uma série que virou febre mundo afora, além disso, ela retornou há pouco tempo para a terceira temporada. E se você tem medo de zumbis, nojinho ou se está achando que vai se assustar, relaxe: The Walking Dead é uma série sobre sobreviventes, não sobre tripas e sangue.

Resumão (sem spoilers)

A série começa contando sobre um dia comum de um oficial de polícia de Cynthiana, no estado do Kentucky. Seu rádio toca e ele e seu parceiro são chamados para uma perseguição policial. Rick, o tal oficial, é baleado e vai para o hospital. Depois de um tempo em coma, ele acorda, mas como ele não é o Steven Seagal, ele não deseja vingança, e descobre que tudo está destruído. Há um aviso “Não abra. Mortos aqui dentro” em uma porta e quando ele chega perto… uns dedinhos azulados tentam abrir a porta. 
Sim, aquilo que você sonha quando está no centro da sua cidade lotada aconteceu: o apocalipse zumbi chegou. Mas como eles vão sobreviver?
Primeira Temporada
Durante a primeira temporada, que foi bem curtinha com apenas 6 episódios, a gente tenta encontrar a família de Rick, que, aparentemente, está viva e em Atlanta, na Geórgia (de carro, de acordo com o Google Maps, dá umas 6 horas e meia). Ele vai para lá e tenta achar seu filho e sua esposa. Durante essa viagem, ele encontra outros sobreviventes. Decidem então ir para o CDC – Controle de Doenças Contagiosas, (a grande CEDA do Left 4 Dead, sabe?) para saber se há uma cura.

Segunda Temporada

Por um motivo aflitivo – que se eu contar é um micro spoiler, Rick acaba encontrando uma fazenda com mais sobreviventes. A galera que tá viva resolve ficar lá na fazenda, mesmo com o dono dela ficando um pouco contra essa história, até que eles são, digamos, expulsos desse belíssimo “Oasis”.

Personagens

Rick Grimes – ele é o oficial na qual a série é centrada. No começo, achei ele meio fraquinho, talvez por um excesso de Paul Kersey na minha vida, talvez por eu achar ele bonzinho demais, mas garanto que no final da segunda temporada ele mostra que um apocalipse zumbi pode transformar uma pessoa.
Lori Grimes – ela é uma vaca. Chatíssima. Duvido que tenha alguém que goste dela. (Se você gosta, por favor, explique nos comentários o porquê).
Carl Grimes – é o filho de Rick. É bonitinho, mas ordinário. Parece que não entendeu ainda que zumbis podem te extirpar enquanto você ainda está vivo.
Shane Walsh– é o parceiro de Rick da época de polícia. Digamos que, com um amigo psicopata desses, inimigos sedentos de sangue é uma brincadeira de criança e uma dádiva.
Amy e Andrea – são irmãs e não são loirinhas do tipo Disney que amam as flores, os pássaros e a vida. Andrea odeia trabalhos domésticos (como lavar roupa) e prefere atirar. (Curto ela por causa disso)
Carol – Não conhece a Lei Maria da Penha. Tem uma filha, a Sophia e, basicamente, tá lá só para ter alguém que sofre.
Dale – O velho de chapéu que é sábio e conhece tudo da vida. Ou seja, sempre inunda os sobreviventes com sermões de boa vontade entre os povos.
Hershel Greene – é o dono da fazenda. Católico, apenas suas filhas sobreviveram ao apocalipse, junto com alguns trabalhadores da fazenda. Uma de suas filhas é a Maggie, que já foi uma ladra britânica em Supernatural.
Glenn – É coreano (como não amar?) e entregava pizzas antes do apocalipse começar. É fofo, não sabe mentir e é o tipo de pessoa que aceita entrar num poço com um zumbi.
Daryl Dixon – é um caipira, tem uma besta (aquele arco e flecha que não é igual ao do Legolas, que é mais ~moderna~). É macho, caçador, ajuda a galera quando tem zumbi por perto e não tem nojo de abrir um zumbi para ver seu estômago. Ele é bem legal.
Dá uma olhada como eu sou master no Paint:
Minhas habilidades em legendar fotos me surpreendem às vezes.
Os outros e os que surgem na terceira temporada não estão listados aqui porque eu ainda não vi a terceira temporada e também porque os outros não são assim tão legais. JULGUEM.

Terceira Temporada

A segunda temporada acaba mostrando algo que a gente não sabe direito o que é e também só mostra a Michonne no finalzinho, sem nem ter o direito de uma fala. Esse mistério todo é a chave para você querer ver a Terceira Temporada. E olha, pelo que todos falam nas redes sociais, ela está MUITO MUITO MANEIRA. 

Vale a pena ver?

O legal de The Walking Dead é que os episódios, embora longos, tem aquela coisa de AIPUTAQUEPARIUSOCORROCORRENEGADA que é muito legal. E os conflitos não são apenas de sobrevivência, mas traição, cuidar das pessoas, etc, etc, etc. Eu confesso que achei que ia ser mais gore, mais assustadora, mas me peguei vendo a primeira temporada inteira em uma noite de domingo (vida social é para os fracos).
Se você nunca leu a HQ que deu origem à série, nunca jogou o game para facebook, nem o jogo da série, ou se você esteve em Marte e não faz nem ideia de que a série existia, assista. Você vai gostar. E se você é fã da série.
Tem uma série favorita? Conta para gente! 

Um comentário:

  1. hey flor, demorei a passar por aqui pq tava um pouco afastada, mas voltei e em breve tem novidades lá no http://whenyouneedalittlelove.blogspot.com.br/ , espero sua visita, e obg.

    bjs ;*

    ResponderExcluir

Autora

Autora
17 anos, ama música, chocolate, compras, maquiagem, moda, tendências. Adora falar dos seus assuntos favoritos que são Moda e Make, mais também quer ajudar todas vocês com o que sabe sobre o assunto. Não vive sem o namorado, a família, tumblr e facebook. Sempre conectada com tudo e todos. Não vive sem o celular. Cheia de manias estranhas e engraçadas. Boba, retardada, muitas vezes irritante, chata, deprimida mais sempre com um sorriso no rosto ! Quer conhecer Londres e sonha com Paris. Deseja que você gostem do blog dela!

Nuvem de Tags

Faça Parte!

Search

Google+ Badge